22 de jul de 2021

DAAS - os cinco maiores equívocos

Já alguma pensou em Device as a Service? A nossa solução DAAS foi lançada há um ano. A experiência tem-nos ensinado que alguns conceitos errados sobre DAAS são mais comuns do que outros. Neste blogue, tentamos eliminar estes equívocos e informá-lo o melhor possível.

zero-touch-mainbanner
  1. 1. “DAAS é o mesmo que leasing de TI.”

O leasing faz parte do DAAS, mas há uma grande diferença, que são os muitos serviços que oferecemos numa solução Device as a Service. Estes incluem a configuração, reparação, manutenção, substituição e eliminação dos dispositivos. Com estes serviços, tentamos aliviar os nossos clientes tanto quanto possível. 
Além disso, recebemos os dispositivos de volta após o prazo de 36 meses com DAAS Compute e 24 meses com DAAS Mobile. Ou seja, não tem de se preocupar com nada (leasing operacional). Se mudar para uma solução DAAS, podemos assumir a retoma do seu hardware antigo com o nosso serviço de troca. Este serviço permite-lhe reinvestir o valor residual dos dispositivos (antigos).  

  1. 2. “OPEX só é interessante para empresas financeiramente fracas”

Está a substituir os dispositivos na sua empresa de três em três ou de cinco em cinco anos? A substituição implica sempre um investimento avultado. Com DAAS utiliza um modelo OPEX, passando de um modelo tradicional de compra de hardware para um modelo baseado em custos operacionais. Qual é a diferença? 

  • As despesas de funcionamento (OPEX) são custos recorrentes ou operacionais. A contratação de um consultor é um bom exemplo de OPEX. Contrata a experiência e os conhecimentos necessários a uma tarifa horária pré-acordada durante um certo número de horas. 
  • CAPEX são as suas despesas de capital. Pense em investir em produtos. A compra de dispositivos para os seus colaboradores recai no âmbito do CAPEX.

Tomando como exemplo uma impressora, a compra (propriedade) recai sob CAPEX e os custos anuais de papel e tinta sob OPEX (utilização).Para algumas organizações, Device as a Service parece mais uma solução para empresas com dificuldades financeiras e que não podem financiar de uma só vez a quantidade total de hardware. DAAS é muitas vezes considerado como um modelo de leasing, mas não está correcto.

A minha experiência de entrevistas a clientes mostra que 2/3 dos líderes empresariais e de TI reconhecem esta tendência. Metade deles indicam também que os colaboradores autorizam os seus próprios tablets, smartphones e computadores portáteis. Isto mostra que muitos departamentos estão a assumir o controlo das suas próprias necessidades de TI. E o inquérito aos clientes mostra também que as TI têm pouca influência nesta centralização, o que significa automaticamente que o departamento de TI está a perder o controlo. Embora muitos líderes compreendam os benefícios desta tendência, mais de metade diz que ela complica o trabalho de TI. Duplicará o custo das TI, criará uma falta de propriedade das TI e certamente não as tornará mais seguras.


Tia Maksud, CoE Proposition & Service

Device as a Service é apenas isso, um serviço. Com DAAS paga uma taxa mensal, mas essa taxa inclui hardware e serviços. Em última análise, não tem nada a ver com a saúde financeira da sua empresa, mas com o stress que retira à sua equipa de TI. Graças à solução DAAS, a sua equipa de TI pode concentrar-se mais na inovação informática, levando os processos internos a um nível superior.

  1. 3.“Deixarei de ter qualquer trabalho se a nossa empresa optar pela solução DAAS”.

Comprar e gerir dispositivos são tarefas demoradas dentro da sua equipa de TI. Para sermos exactos: aproximadamente 60%. Isto resulta frequentemente numa falta de tempo para análise, revisão dos processos internos ou de tempo para inovação. O DAAS assume de facto uma parte da sua carga de trabalho: nós tratamos da aquisição, configuração, implementação e manutenção de dispositivos computacionais e móveis. Mas DAAS também liberta espaço para que possa concentrar-se no que é realmente importante. 
A Deloitte realizou um estudo com empresas que utilizam uma solução XAAS.(XAAS: também denominado «Anything as a Service». XAAS é o nome colectivo para oferecer a utilização de um produto ou serviço TIC).  Isto levou a uma importante conclusão: ao utilizar uma solução XAAS, as empresas obtêm acesso a características e tecnologias avançadas, inovam mais rapidamente e concentram-se mais no seu negócio principal. No inquérito, a grande maioria indicou que XAAS ajudou nos processos empresariais, produtos/serviços e na melhoria dos modelos empresariais. Seis em cada dez indicam mesmo que XAAS lhes confere uma vantagem competitiva.
Conclusão: terá certamente trabalho suficiente se a sua empresa optar por uma solução DAAS. A sua carga de trabalho será algo diferente, mas o mais importante é que será capaz de concentrar-se em projectos importantes. A sua forma de trabalhar mudará de trabalho reactivo para trabalho pró-activo.

  1. 4.“DAAS só é benéfico para as TI.”

Como mencionado anteriormente, DAAS tem vantagens para a equipa de TI, mas os RH e o departamento financeiro também beneficiam de Device as a Service. Ao utilizar Device as a Service, estará a oferecer aos seus colaboradores os modelos mais recentes e mais rápidos. Isto tem um grande impacto na sua satisfação. DAAS também fornece uma visão clara das despesas com TI.  

  • RH: Os trabalhadores têm requisitos e necessidades diferentes em relação aos dispositivos móveis. As expectativas dos Millennials e da geração Z são muito diferentes das expectativas dos baby boomers. Da mesma forma, um colaborador de TI tem expectativas diferentes das de um comercial. Por conseguinte, é necessário construir um modelo padronizado com diferentes pacotes segmentados em termos de características pessoais e grupos de funções. Desta forma, a liberdade de escolha para o utilizador final é aumentada. Isto permite que possam escolher certos dispositivos dentro de um pacote. Ao dar a escolha ao colaborador, aumenta imediatamente a sua satisfação e produtividade. Isto facilita muito a procura de novos talentos por parte do gestor de RH, porque a guerra por talentos ainda não terminou.
  • Finanças: com DAAS, mantém uma visão geral das suas despesas em TI. Pode fazer uma comparação com a sua assinatura Spotify ou Netflix: paga um montante fixo por posto de trabalho por mês. Esse montante inclui os custos de hardware e serviços adicionais. Curioso sobre as vantagens financeiras do Device as a Service? Leia aqui.
  1. 5.“Se eu escolher uma solução DAAS, sou obrigado a renovar um grande número de dispositivos.”

Não, não é obrigado a renovar um grande número de dispositivos de uma só vez.  Ainda tem dúvidas se DAAS é uma solução que se adequa à sua empresa? Não há problema. Começamos frequentemente com um projecto-piloto para ver se DAAS satisfaz as suas expectativas. 
Está tudo a correr como desejado? Muito bem, então é muito fácil de escalar novamente. Isto permite-lhe renovar em pequenos passos os dispositivos dentro da sua empresa. Pode começar a partir de 30 dispositivos.

A sua questão não é aqui abordada? Não hesite em contactar o nosso especialista DAAS para mais informações. Ele terá todo o prazer em ajudá-lo.
Paulo Carta

+35 1234 100 643

sales@bechtle.pt

 

 

 

 

Paulo Carta

+35 1234 100 643

sales@bechtle.pt

Share article

Published on 22 de jul de 2021.